Por falta de médicos e diretor técnico, CRM interdita hospital de Cubati

Saude

14/04/2019 às 19h17

Por falta de médicos e diretor técnico, CRM interdita hospital de Cubati

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 211 VEZES

CUBATI - O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), interditou eticamente os médicos do hospital Municipal Maria Lídia Gomes.

 

A equipe de fiscalização esteve no hospital geral da cidade, na tarde da última quinta-feira (11) e constatou que não havia médicos no local, nem direção técnica.


De acordo com o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, só havia escala médica para o sábado (13).

 

"No restante dos dias, o atendimento era feito apenas pela enfermagem. Recebemos denúncia e viemos comprovar que realmente não há médicos. Infelizmente, tivemos que proceder com a interdição ética", disse João Alberto.


Assim, desde a zero hora de sexta-feira (12), os médicos que atuam no hospital estão interditados eticamente e não poderão prestar seus serviços.

 

Fonte: Ascom

Comentários

Veja também

Facebook