Prefeito de São José do Sabugi explica circunstâncias do acidente que vitimou caminhoneiro

Geral

05/12/2018 às 21h21

Prefeito de São José do Sabugi explica circunstâncias do acidente que vitimou caminhoneiro

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 3013 VEZES

O prefeito de São José do Sabugi, Segundo Domiciano, manteve contato com o helenolima.com no início da noite desta quarta-feira (5), para explicar as circunstancias do acidente que provocou a morte de um caminhoneiro na BR 230 no posto fiscal, perto da cidade de Junco do Seridó.

 

O acidente ocorreu por volta das 13 horas desta quarta-feira e o veículo modelo Corolla de cor preta, dirigido pelo prefeito, atropelou e matou o caminhoneiro, natural da cidade do Crato, no Ceara.

 

Segundo disse ao portal que não estava trafegando em alta velocidade e que foi surpreendido porque o caminhoneiro saiu de detrás do caminhão repentinamente com umas notas fiscais na mão.

 

Neste momento, a lateral do automóvel dirigido pelo gestor, que seguia com destino a João Pessoa, bateu no caminhoneiro, que foi jogado a uns 10 metros de distância e morreu no local 

 

O chefe do executivo disse que permaneceu o tempo todo no local do acidente, chamou o resgate e, que, inclusive, está dando assistência à família da vítima.

 

"Foi uma fatalidade. Eu não estava em alta velocidade. O caminhoneiro saiu de repente de detrás do caminhão. Não tive como desviar. Mas permaneci o tempo todo no local, chamei o resgate e dei toda assistência necessária. Se eu tivesse culpa, poderia ter fugido. Mas isso não faz parte do meu pedigree. Inclusive estou a disposição da família do caminhoneiro", disse o prefeito de São José do Sabugi.

 

Neste local, diversos acidentes com vítimas fatais aconteceram recentemente e, inclusive, populares chegaram a fazer protestos, cobrando providências por parte das autoridades, porém nada foi feito.

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook