Quarta, 18 de Maio de 2022 03:10
83 99120 2248
Política Bem vindo!

Histórico adversário adere ao projeto da prefeita de Juazeirinho

O radialista Dário Balbino se rendeu ao trabalho e a simpatia de Anna Virgínia

02/05/2022 20h18 Atualizada há 2 semanas
Por: Heleno Lima
Histórico adversário adere ao projeto da prefeita de Juazeirinho

Com o seu jeito especial de administrar o município e fazer política, a prefeita Anna Virgínia (Avante), vem conquistando a população.

Ela não é do tipo politiqueira e desceu do palanque tão logo a Justiça Eleitoral divulgou o resultado das eleições, em 15 de novembro de 2020, para dar início ao árduo trabalho em prol da população.

Por essa atitude, a gestão avança e a prefeita ganhou o respeito da população, até de quem não votou nela.

Vivi governa para todos, sem olhar para a cor da camisa de ninguém.

Não é a toa que ela conta com o apoio de 10 dos 11 vereadores da atual legislatura e até adversários históricos já manifestaram publicamente apreço ao trabalho da gestora e a intenção de lhe apoiar rumo a reeleição.

Nesta segunda-feira (2), por exemplo, a prefeita recebeu o apoio  do radialista, funcionário público Municipal e líder comunitário, Dário Balbino, que sempre foi adversário político do grupo de Vivi.

Em conversa com o helenolima.com, Dário reafirmou apoio à prefeita.

"Decidi apoiar a prefeita, a convite do meu líder, o vereador Antônio Mota (União Brasil), e devido ao trabalho que ela vem fazendo em prol da nossa cidade, em especial os funcionários", pontua Dário.

De modo especial, ele conversou com ela a respeito da sua categoria, os vigilantes, pedindo que olhasse com mais carinho.

Também falou sobre a sua comunidade, o bairro Frei Damião, em especial do PSF, que leva o nome da sua mãe, para a gestora olhar com mais carinho.

"Ela é um pessoa muito atenciosa, sem maldade e que olha cara a cara. De fato, uma pessoa Ímpar", elogia.

Dário, que já foi candidato a vereador e gosta da política, disse ao portal que a oposição está acéfala e não tem nenhum líder.

"Aí, fica difícil você está em um lugar que não sabe quem é ninguém. Você sabe que eu gosto de política e ninguém fala nada! Aí eu vou ficar fazendo o que na oposição sem líder e sem rumo?", completa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.