Quarta, 18 de Maio de 2022 04:15
83 99120 2248
Paraíba PROBIDADE!

Contas das prefeituras de Montadas e Coxixola são aprovadas pelo TCE

Também regulares foram julgadas as contas da UEPB e da Suplan, referentes a 2020

12/05/2022 10h27 Atualizada há 6 dias
Por: Heleno Lima
Contas das prefeituras de Montadas e Coxixola são aprovadas pelo TCE

Reunido em sessão ordinária híbrida, nesta quarta-feira (11), o pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu pareceres pela aprovação das contas anuais das prefeituras de Montadas, cujo prefeito é Jonas de Souza (foto), exercício de 2019, e Coxixola, relativas a 2020.

"Essa é a nossa terceira prestação de contas julgadas pela a egrégia corte e como em 2017 e 2018 também aprovada por unanimidade, ou seja, todos os votos dos conselheiros foram favoráveis à aprovação", alegra-se o chefe do executivo montadense.

Fazer um trabalho digno é o nosso compromisso com a população de Montadas!

Regulares foram julgadas as contas da UEPB e da Suplan – Superintendência de Obras do Estado, referentes a 2020.

Recursos

O Colegiado decidiu pelo provimento ao recurso de reconsideração interposto pela Secretaria de Estado da Saúde (proc. nº 10207/19), para julgar regular convênio firmado com a Associação Hospitalar de Umbuzeiro, face o acórdão AC2-TC nº 01748/13. Provido também foi o recurso de revisão impetrado pelo ex-gestor da Suplan – Superintendência de Obras do Estado, Raimundo Gilson Frade (proc. nº 11237/16).

Composição

Conduzida pelo presidente Fernando Rodrigues Catão, a 2353ª sessão ordinária contou com a participação dos conselheiros Nominando Diniz Filho, Fábio Túlio Nogueira, André Carlo Torres Pontes e Antônio Gomes Vieira Filho, bem como dos substitutos Antônio Cláudio Silva Santos, Oscar Mamede Santiago Melo e Renato Sérgio Santiago Melo.

O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador geral Bradson Tibério Luna Camêlo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.