Domingo, 26 de Junho de 2022 11:45
83 99120 2248
Geral ESCÂNDALO!

Arcebispo de Natal é acusado de assediar sexualmente seminarista

Djalma Júnior disse que não virou padre porque não aceitou as investidas do religioso que teria tentado apalpar seu órgão genital

15/06/2022 14h06 Atualizada há 1 semana
Por: Heleno Lima Fonte: Cabugi News
Arcebispo de Natal é acusado de assediar sexualmente seminarista

Após nove anos esperando a ordenação como padre da Igreja Católica, Djalma Júnior decidiu jogar luzes sobre tudo o que passou nesse período que viveu no Seminário São Pedro, em Natal.

O seminarista revela que foi assediado pelo Dom Jaime, após ter sido convocado para falar de casos de religiosos responsáveis pelos religiosos do Seminário.

“No escritório dele, Dom Jaime me assediou. Pegou nas minhas partes íntimas. Posteriormente isso continuou por telefone e no Whatsapp”, revela.

O caso não parou por aí. Segundo Djalma Junior, o problema continuou numa viagem da igreja as águas do Rio São Francisco.

“Quando cheguei ao final do meu seminário, sem nenhum problema moral, o reitor, acobertando toda essa situação, disse que eu não tinha vocação e me mandou embora”, relembra.

Djalma disse que ainda tem sido tratado por psicólogos e psiquiatras e o processo para ordenação dele estavam com Padre Júlio Cezar, o mesmo que foi afastado semana passada após ser revelado um caso com um homem casado.

“O próprio Padre Júlio também me assediou”, conta.

Denúncia contra o Arcebispo de Natal traz crimes “nada santos”

Três dos principais nomes da Arquidiocese de Natal são alvos de denúncia feita por um ex-seminarista que quer levar isso ao conhecimento de Dom Giambattista Diquatro, que é o núncio apostólico (espécie de embaixador do Vaticano) no Brasil.

O documento ao qual o blog teve acesso aponta vários casos de assédio e importunação; relacionamento amoroso de um padre com funcionária da cúria metropolitana de Natal; e se diz perseguido pela direção do Seminário de São Pedro.

A denúncia cita o arcebispo metropolitano, Dom Jaime Viera Rocha; o vigário Geral da Arquidiocese de Natal, padre Paulo Henrique da Silva, reitor do Seminário de São Pedro da Arquidiocese de Natal, e o padre José Valquimar Nogueira do Nascimento.

O denunciante relata que “diante dos últimos fatos trágicos, dramáticos (…) recorro a este órgão [Nunciatura Apostólica] como último meio para a resolução desta problemática (…) bem como buscando a resolubilidade das ações maléficas realizadas pelos supracitados senhores, que lesaram a minha integridade moral, física, psicológica e principalmente a espiritual, meu maior bem”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.