18°C 26°C
Campina Grande, PB
Publicidade

Inácio Falcão prega unidade das oposições e dá ponta pé inicial na corrida rumo ao Palácio do Bispo

O deputado Estadual lançou a pré candidatura a prefeito de Campina Grande em um evento na AABB

21/05/2024 às 19h57 Atualizada em 22/05/2024 às 22h29
Por: Heleno Lima
Compartilhe:
Inácio Falcão prega unidade das oposições e dá ponta pé inicial na corrida rumo ao Palácio do Bispo

Foi lançada na noite desta segunda-feira(20), a pré-candidatura do deputado Estadual Inácio Falcão (PCdoB) a prefeito de Campina Grande.

Continua após a publicidade
Anúncio

O evento, que aconteceu na AABB, no bairro São José, intitulado "Plenária da Mudança", foi o primeiro de muitas outras edições que vão rodar os bairros e distritos da Rainha da Borborema, segundo informa a assessoria do comunista.

O objetivo, segundo o parlamentar, é ouvir as demandas populares de cada localidade, que serão inseridas em um futuro plano de Governo.

Inácio destaca que a  sua postulação é o início de uma busca por unidade no campo das oposições.

"Estamos em um período que é preciso dialogar, construir  as nossas candidaturas a vereador, e queremos a unidade entre todos os pré-candidatos a prefeito das oposições. Esse momento é ímpar, e tenho certeza que a população observa tudo isso", ressalta.

"Estamos caminhando para chegar a um consenso em torno de um único nome para disputar a Prefeitura", repete.

Ainda na sua conversa com a imprensa, quando questionado sobre um possível rompimento do atual prefeito, Bruno Cunha Lima (União Brasil), com o deputado Federal, Romero Rodrigues, ele diz, categoricamente, que a pré candidatura do ex-prefeito, não faz parte dos planos da federação.

"Ele é o criador de uma criatura, que hoje comanda a prefeitura de Campina Grande. Romero não é oposição a Bruno, e até agora não se posicionou como opositor. Se Romero for realmente candidato, é um combinado  da família Cunha Lima. Portanto, não é um projeto pra governar a cidade, mas sim meramente familiar", afirma.

"Romero não é oposição a Bruno, até porque, se ele realmente fosse, já teria denunciado os inúmeros erros que a atual gestão de Campina Grande comete, e que não são poucos", complementa.

A Plenária da Mudança contou com a presença dos integrantes de movimentos sociais e sindicais, além dos partidos que compõem o Fórum Pró-Campina; (PC do B, PT, Rede e PV).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.