16°C 23°C
Campina Grande, PB
Publicidade

Familiares do tenorense Ginaldo Clementino de Azevedo, desaparecido há mais de um mês, realizam protesto e clamam por justiça

O protesto pacífico aconteceu na tarde desta segunda-feira

24/06/2024 às 21h11 Atualizada em 25/06/2024 às 21h44
Por: Heleno Lima
Compartilhe:
Familiares do tenorense Ginaldo Clementino de Azevedo, desaparecido há mais de um mês, realizam protesto e clamam por justiça

Familiares do tenorense, Ginaldo Clementino de Azevedo, desaparecido desde o dia 16 de maio deste ano, participaram de um protesto pacífico realizado na tarde desta segunda-feira (24), pedindo por Justiça.

Continua após a publicidade
Anúncio

Eles foram para a frente do prédio da Delegacia de Polícia Civil (DPC) e caminharam pelas ruas da cidade de Tenório com um cartaz com a foto de Ginaldo.

FotoEm seguida, foram até o entroncamento da PB-195 com a BR-230, onde novamente pediram por Justiça.

Ginaldo foi visto pela última vez no mercado público da cidade de Tenório, na noite de 16 de maio.

FotoDepois disso, desapareceu e não foi mais visto, deixando familiares e a população daquela pequena e pacata cidade estarrecidos com o sumiço demorado.

Uma adolescente de 14 anos, chegou a ser apreendida pela Polícia Civil (PC) e teria dito que Ginaldo fora assassinado.

FotoIndicou o Açude da Rua como o local onde estaria o corpo, inclusive duas pessoas foram levadas à DPC para prestar depoimento e, em seguida, foram liberados.

O Corpo de Bombeiros vasculhou o manancial e nada encontrou.

FotoA adolescente então apontou outro local onde o corpo de Ginaldo estaria, mas novamente após buscas, nada foi encontrado.

Populares também por conta própria, fizeram buscas nas redondezas da cidade na tentativa de encontrar pistas sobre o corpo de Ginaldo, mas da mesma forma, nada foi encontrado.

FotoPor isso, a família está clamando por justiça, pois já não aguenta mais tanta angústia sem saber com certeza o que de fato aconteceu com Ginaldo, um cidadão pacato e trabalhador, que sumiu misteriosamente sem deixar pistas.

Vídeo 1

Vídeo 2

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.